TEXTO BÍBLICO: João 6.51-58
Disse Jesus: Aqui está o pão que desce do céu; e quem comer desse pão nunca morrerá. Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Se alguém comer desse pão, viverá para sempre. E o pão que eu darei para que o mundo tenha vida é a minha carne.
Começaram a discutir entre si: – Como é que este homem pode dar a sua própria carne para a gente comer? Então Jesus disse: – Eu afirmo a vocês que isto é verdade: se vocês não comerem a carne do Filho do Homem e não beberem o seu sangue, vocês não terão vida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Pois a minha carne é a comida verdadeira, e o meu sangue é a bebida verdadeira Quem come a minha carne e bebe o meu sangue vive em mim, e eu vivo nele. O Pai, que tem a vida, foi quem me enviou, e por causa dele eu tenho a vida. Assim, também, quem se alimenta de mim terá vida por minha causa. Este é o pão que desceu do céu. Não é como o pão que os antepassados de vocês comeram e mesmo assim morreram. Quem come deste pão viverá para sempre.1. LEITURA
O que diz o texto?
Corpus Christi (expressão latina que significa Corpo de Cristo).
Em João cap. 6, depois que Jesus multiplicou os pães e deu de comer a uma multidão, as pessoas julgavam que Jesus poderia lhes dar a comer pão todos os dias. E começaram a segui-lo. Jesus, apresenta-se como o pão que dá a vida. Fala do maná: “Os antepassados de vocês comeram o maná no deserto, mas morreram “. Quando Deus liberta o povo de Israel da escravidão, rumo à terra prometida, no deserto, o povo sente fome, e Deus envia-lhe o maná. Com isso conseguem viver 40 anos, tempo da travessia (Ex 16).
Jesus se apresenta como o pão para que todos tenham a vida e este pão lhes dará vida eterna! Jesus diz que Ele é o Pão que desceu do céu, na unidade que o Filho tem com o Pai, na divindade deste novo pão que vem do alto, que vem de Deus.
Não é alimento para o corpo, mas para a vida espiritual, para a vida eterna, para a união com Jesus. Os judeus não entendem: “Como é que ele pode dar a sua própria carne para a gente comer?” Jesus continua: “Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia ” Jesus diz: A minha carne é a comida verdadeira, e o meu sangue é a bebida verdadeira: é alimento que conserva a vida da pessoa., e é de todo necessário comer seu corpo. Quem come minha carne permanece em mim, se une a Ele. Quem come o corpo e bebe o sangue, mantém perfeita união com Cristo, converte-se em um com Ele e nele, unindo-se, a Cristo e, com Ele, a todo o mistério de Deus. .
O texto começa e termina da mesma maneira: “Aqui está o pão que desce do céu; e quem comer desse pão nunca morrerá”(v. 50). “Quem come deste pão viverá para sempre” (v.58). Todo o texto volta-se para o crer em Jesus como o enviado de Deus, para dar a vida eterna.
Textos a serem comparados: Êx 16; Mc 14.22-24; l Cor 11.23-29; Atos 1.9-11.
Perguntas para a leitura
* Que atitude Jesus pede às pessoas? Que acontece com os que crêem em Jesus?
* Que dúvidas tinham os judeus que o escutavam?
* Que diferença existe entre a vida humana terrena e a vida eterna?
* O que acontece com os que comem o corpo de Cristo?
* Que acontecerá, no fim do mundo, aos que comeram o Corpo de Cristo?
* Que acontece com os que crêem em Jesus como o enviado do Pai para salvar-nos?

2 – M E D I T A Ç Ã O
* Onde está minha fé? Creio verdadeiramente em Jesus? Como o manifesto?
* Compreendo a importância de comer do seu corpo e beber do seu sangue?
* Entendo isto em minha vida? Valorizo-o como alimento que nutre minha vida espiritual?
Aproximo-me com frequência para consumir seu corpo e seu sangue? Ou desperdiço esse maravilhoso presente que Jesus me concedeu?
Creio que tu, Senhor estás presente no pão e no vinho consagrados? Para mim, é importante permanecer unido a ti? Deixo que tu entres em mim como queres? Testemunho, com minha vida, que tu estás em mim?Necessito de Ti para estar bem. Prefiro a Ti a outras coisas? Permaneço unido a ti? Ou, ao contrário, afasto-me de tua presença?
3 – O R A Ç Ã O
Jesus, não me é fácil compreender que queres dar-me teu corpo como alimento. Como posso comer-te, Deus meu? Somente o amor comete semelhantes loucuras.
Sinto pelas vezes que deixei de receber-te, podendo tê-lo feito! Pelas vezes que te recebi sem dar-te a devida atenção. Reconheço que na comunhão te fazes carne em mim, e pedes que eu seja teu corpo e que aja em teu nome com pessoas que me cercam. Tu me identificas contigo. Obrigado por esta honra! Ajuda-me a responder-te com todo o meu coração!
Senhor, creio, mas aumenta minha fé. Preciso ter uma fé mais firme e testemunhar-te diante dos outros. Jesus, creio que Tu és o enviado do Pai para salvar-nos Aumenta minha fé
4 – C O N T E M P L A Ç Ã O
Em maior intimidade com Deus, repita em silêncio, alguns verso do Salmo 63 (62):
Teu amor vale mais que a vida. Deus, tu és o meu Deus; procuro estar na tua presença. Todo o meu ser deseja estar contigo. Tenho sede de ti como terra cansada, seca. Quero ver-te no Templo; como és poderoso. O teu amor é melhor que a própria vida, por isso eu te louvarei. Enquanto viver, falarei da tua bondade,levantarei as mãos a ti em oração. Tuas bênçãos são alimentos que me satisfazem, por isso canto canções de louvor a ti. Se estou deitado, lembro-me de ti. Penso em ti a noite toda porque me tens ajudado. Na sombra das tuas asas eu canto de alegria. A tua mão direita me segura bem firme, e eu me apego a ti.
5 – A Ç Ã O
Propostas pessoais
Como está sua fé? Onde está sua fé? Quanta fé você tem em Jesus e quanta fé tem nas coisas deste mundo? Examine-se sobre a fé, prepare-se com a reconciliação, pedindo perdão pelas faltas de fé, e vá comungar o Senhor. Estimule sua família, para que os de sua casa possam participar do banquete do Senhor, ao qual somos todos convidados.
Propostas comunitárias
Faça lista das coisas nas quais nós cremos hoje em dia. Analisar nossas carências diante deste texto, e descobrir as diferenças entre o que se crê do mundo e o que Jesus nos propõe.
Participar, todos juntos, como grupo, da Santa Eucaristia, e procurar com que todos
se aproximem do sacramento da Comunhão. Participe da Procissão e chame outros também
Buscar pelo menos uma pessoa de nossa comunidade que não conheça este dom do Corpo e do Sangue de Cristo, e prepare-a para que faça a Primeira Comunhão.

Fonte: http://www.diocesepetropolis.org.br/pastoraldeliturgia/?p=754#more-754

Categorias: Formação